BRIAN SPENCE, GREAT WHITE & PAVLOV’S DOG

Originally posted 2014-12-12 16:54:05.

Brian SpenceCampo Pequeno, 6 e Santiago Alquimista 7, de Novembro

A minha agenda musical da primeira semana de Novembro foi marcada por três concertos: BRIAN SPENCE, GREAT WHITE e PAVLOV’S DOG! Tudo malta já com uns anos bons de andamento. Eu pensava até que o cão do Pavlov já tinha esticado o pernil. Mas não. Os dois primeiros tiveram lugar no Campo Pequeno pela mão da Remember Minds e o terceiro no Santiago Alquimista, pela mão da Clap/Box, respetivamente, nos dias 6 e 7 deste mesmo mês, próximo do período mais depressivo do ano: o Natal!
Ficam já os agradecimentos à Remember Minds e à Clap/Box.
As fotos dos eventos estão já online há uns dias. Contudo, não queria deixar de dar nota a vossas excelências da minha perspetiva dos ditos eventos.
Então é como segue:Great White
BRIAN SPENCE: excelente, acompanhado pelos elementos da banda portuguesa ALCOOLÉMIA e sua esposa Debbie McKenna. O BRIAN é uma espécie de BRYAN ADAMS irlandês. Os mais velhos recordam-se concerteza da malha que passava no 2001 e outras discotecas nacionais, “Hear It From The Heart”. A vitalidade com que se apresentou foi uma surpresa para mim e bastante agradável. Teve direito a dois “encores”! Cool!
GREAT WHITE: hum… esperava bastante mais de uma das melhores bandas de rock da década de 80 que esgotava salas e vendeu mais de 6 milhões de discos. De facto pareceu faltar ali uma chamazita. JANI LANE fez o papel de vocalista dos GREAT WHITE, substituindo JACK RUSSELL, que se encontra a recuperar de uma cirurgia Pavlov's Dogaos intestinos. Seja como for, podia muito bem ter feito o papel… mas não fez! Meio afónico, constipado e sei lá que mais, não convenceu. Fez uma parte acústica a solo desastrosa! Boo!
PAVLOV’S DOG: muito acima do esperado. É certo que DAVID SURKAMP já não tem as oitavas de Pampered Menial, mas está lá muito perto. Tem 67 anos e deu um concerto fabuloso do Santiago Alquimista. Acompanhado da mulher e de elementos muito jovens, trouxe de volta o som característico dos PAVLOV’S DOG brindando os presentes, enquanto elogiava e bebia vinho português, com nada menos do que 22 canções, terminando com o belíssimo Júlia, que abre Pampered Menial de 1975. Seguiram-se autógrafos e fotos com os fãs… e com os fotógrafos… Fantastic!
Fiquem com as fotos e com os vídeos. Cliquem. Have fun!
Bom fim de semana!
See ya!

setlist_pavdog

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.